Vamos falar de coisa séria agora. Eu adoro quando pastores e padres sem-vergonha caem nas suas próprias armadilhas e dão shows de hipocrisia. Dessa vez a estrela do espetáculo é o Pastor Ted Haggard – criador da New Life Church – que apóia Bush que, por sua vez, anda cercado de gente safada. Pra quem ainda não sabe, Ted é fervoroso opositor do homossexualismo e luta(va), entre outras coisas, pra condenar a união gay.

No dia 2 de Novembro, Mike Jones, um cara que vendia servicinhos ao pastor, acordou pelo avesso (como diria a minha mãe) e resolveu abrir a boca. Segundo Mike, eles tiveram encontros sexuais mensais durante os últimos 3 anos. Ah, tem mais, Ted usa meta anfetaminas e encomendava suas poções mágicas a seu companheiro de cama.

Ok, vamos dar-lhe algum crédito. Ele escreveu uma carta pedindo desculpas aos seus seguidores e foi bem claro ao dizer que a culpa era somente dele e que Mike apenas tinha colocado pra fora as coisas feias que ele próprio tinha feito. Mas ele adicionou também um tom de vítima à carta que, com certeza, arruma o cenário para os próximos capítulos. Aguardem, Ted vai voltar como vítima da droga e dos pecados da carne. Você vai ver…

Se você lê inglês, dá uma olhada na carta de desculpas aqui: http://www.gazette.com/display.php?id=1326184&secid=1