A Fal, uma mulher de sabedoria indescritível, escreveu pra uma de suas milhares de visitantes diárias: “Fia, tô indo caminhar que o mundo é grande”. Eu li aquilo e fiquei com minha cara de idiota olhando pra tela, pensando que é exatamente isso que eu preciso fazer, ao invés de ficar me prendendo a compromissos irreais e a pequenos prazeres que não valem a luta. Ela só não disse onde é que a gente arruma coragem.