E eis que, a primeiro de Dezembro de dois mil e nove, ela, a merda branca, finalmente chegou. Você até pode achar que eu sou louca, que a coisa branca é linda, o que automaticamente lhe rende um convite a passar um mês de inverno, só um, na minha cidade. Mas não vale Dezembro, tem que ser Janeiro ou Fevereiro. Daí você, caro leitor silencioso, irá entender a minha eterna briga com ela.

Fotos tiradas por A.C. hoje pela manhã, no caminho pro trabalho, no parque vizinho ao campus.