O premiado chef Alex Atala, famosissimo no meu Brasil varonil, ensina a fazer uma moqueca baiana numa pagina qualquer do site da Globo. Eu, curiosa, fui ver como e’ que ele fazia moqueca, e encontrei isso:

– Quatrocentos gramas de badejo
– Cento e sessenta gramas de tomate sem pele e sem semente
– Quarenta gramas de pimentão vermelho (cortado em tiras)
– Quarenta gramas de pimentão amarelo (cortado em tiras)
– Quarenta gramas de pimentão verde (cortado em tiras)
– Oitenta gramas de cebola (cortado em tiras)
– Cento e cinquenta mililitros de caldo de peixe
– Cento e cinquenta mililitros de leite de coco reduzido
– Cinco gramas de alho
– Quarenta mililitros de azeite de dendê
– Dez gramas de coentro
– Dez mililitros de óleo de canola
– Sal e pimenta a gosto

Diante disso, eu lhe pergunto, minha amiga dona de casa: Voce cozinha assim? Uma  simples moqueca, um prato tradicional, cansado de rodar por ai em livrinhos de receitas manchados de dende? Quarenta gramas de pimentao vermelho? Dez mililitros de oleo de canola? Oh meu pai, porque tudo no Brasil tem que ser assim, para poucos, cheio de pompas e circunstancias?