A minha vida é bem marcada por décadas certinhas. A cada dez anos alguma coisa bem importante e interessante me acontece:

  • Aos dez anos eu menstruei e dei o primeiro selinho num menino. Sim, eu sempre fui um pouco precoce.
  • Aos vinte algo muito interessante aconteceu, acredite. Mas eu não estou a fim de contar. E não fique aí pensando que é um segredo cabeludo. Não é.
  • Aos trinta eu me casei, mudei de país, pintei o diabo.
  • Aos quarenta anos e quinze dias nada aconteceu ainda, nenhuma promessa de mudança.

Estou pronta, esperando. Mas estou ficando impaciente. Vamos, manda a bola que eu chuto pro gol. Já está mais do que na hora.