A medida que a ala mais velha da minha familia se move vagarosamente na direcao do seculo 21, a medida que minhas queridas tias adquirem computadores modernos, emails, contas de Facebook, MSN e Skype, eu vou me lembrando porque que nao sinto saudades delas. Eu sempre reclamei muito de nao ter contato com o resto da minha familia, doeu muito ficar sozinha de vez. De repente, no meio de uma vida familiar agitada, eu vim embora, e foi o vazio. Ninguem nunca me ligou, nunca recebi um cartao de Natal ou de aniversario. Uma ou duas pessoas que eu nunca imaginava que manteriam contato, foram fieis na transicao e nunca sairam da minha vida. Mas as irmas da minha mae, que se reuniam quase todo domingo pra se divertir ou brigar, desapareceram. Aparentemente, os Estados Unidos eram distantes demais pra elas, ligar era muito caro e internet ninguem tinha nem sabia mexer. Hoje a maioria tem internet, email, o escambau. E eu me sinto muito mais sozinhado que antes.

Apenas meu pai, minha mae e uns gatos pingados se fizeram presentes na minha vida depois que eu vim embora. Depois de muito tempo vivendo assim, vendo e falando com as pessoas somente quando estava no Brasil, eu me acostumei. E agora que elas reapareceram a amargura nas suas vidas me parece muito maior e dificil de lidar. Devia ter ficado tudo como estava. Eu, sinceramente, nao preciso falar com ninguem que so queira reclamar da outra pessoa. E quando reclama da minha mae? Eu ligo o foda-se rapidinho, porque eu conheco bem os defeitos dela, mas conheco os defeitos das outras tambem. Nao sinto falta, fiquem distantes.

A mais nova de hoje e’ que minha tia nao consegue entender porque a filha dela, que mora com o namorado, quer casar de vestido de noiva e com festa. Eu sugeri pra ela que pode ser que ela esteja feliz e queira celebrar, pode ser que ela queira dividir essa felicidade com a familia e os amigos, que queira memorias desse momento, essas bobagens. Ela riu, disse que acha isso tudo um desperdicio de dinheiro e que nao quer saber do trabalhao que vai dar organizar tudo. Eu, por minha vez, a bloqueei no MSN, nao aceitei a outra como amiga no FB, ignorei uma terceira no Orkut. Quando voces voltarem a se amar, me procurem. Ou quando recuperarem o juizo, sei la. Ou nao voltem, nunca, nao preciso disso.

Eu ja escrevi sobre isso aqui, numa epoca em que acreditava que as coisas iriam mudar. Hoje eu nao tenho ilusoes. Passou.

Anúncios